quinta-feira, abril 08, 2010

A Tragédia do Descaso


 A Tragédia do Descaso
 por Meire
O Rio De Janeiro está vivendo a pior tragédia dos últimos anos, já foram confirmadas 153 mortes em todo o estado.
Especialistas da ABMS, (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), afirmam que essa tragédia poderia ter sido, senão evitada, ao menos minimizadas com o mapeamento e gestão das áres de risco.
Veja as informações do Portal do Meio Ambiente:
“Até quando as autoridades vão assistir impassíveis a estas tragédias anunciadas sem tomar providências que podem salvar vidas?”, questiona o engenheiro e professor Willy Lacerda, ex-presidente da ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica). Lacerda participou dos estudos da entidade sobre os deslizamentos de novembro de 2008, em Santa Catarina, que culminaram na “Carta de Joinville”.

Neste documento, apresentado em fevereiro de 2009, a ABMS já apontava que “tragédias como a de Santa Catarina podem ocorrer em outros locais deste imenso país, com solos e clima que criam ambientes com grande possibilidade de escorregamentos”. Para evitar a repetição desses fatos, a ABMS propôs na “Carta” o mapeamento e a gestão das áreas de risco, em um trabalho de âmbito nacional. Clique aqui para ter acesso à Carta de Joinville. (extraído do Portal do Meio Ambiente)
Willy Lacerda entende também que as prefeituras de cidades com problemas recorrentes de deslizamentos precisam elaborar leis que disciplinem a construção de edificações em encostas e implantar departamentos técnicos qualificados para lidar com o problema, fazendo o mapeamento e a gestão das áreas de risco, removendo a população para regiões mais seguras e impedindo a expansão de moradias em encostas que apresentem riscos de deslizamentos. "As prefeituras, com raríssimas exceções, não dispõem, em seu quadro técnico, de um profissional com especialização em geotecnia", lembra o engenheiro.

Da ABMS (www.abms.com.br) participam engenheiros geotécnicos e empresas especializadas em obras de infraestrutura, como portos, barragens, fundações, túneis. É uma entidade sem fins lucrativos, criada em 1950, e voltada ao desenvolvimento da Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica no Brasil.

A irresponsabilidade
Infelizmente as autoridades do Rio da Janeiro confiaram mais em forças sobrenaturais, contratando Adelaide Scritori, que diz incorporar o espírito do Cacique Cobra Coral, capaz de controlar o tempo.
Mas, onde estava o tal Cacique que não avisou sobre as tempestades que viriam castigar o Rio de Janeiro? Devia estar ocupado, assim como esteve ocupado baal quando seus sacerdotes clamavam por ele, no famoso desafio feito pelo profeta Elias aos profetas de baal.
Não quero afirmar com isso que Deus tenha "pesado a mão" sobre o povo do Rio de Janeiro, e espero que não apareça nenhum lunático religioso severiano para colocar mais esse peso sobre os ombros de um povo que está sofrendo tanto.
Gostaria apenas que as autoridades cumprissem suas responsabilidades com maior seriedade e respeito que o povo merece. 

A hora é de muita dor, e devemos exercer a misericórdia, porém que não caia no esquecimento esse contrato maldito com essa tal Fundação Cacique Cobra Coral e o gesto estólido de ignorar os estudos feitos pela ABMS.



O que fazer?
Nessa hora de luto e dor, é nossa responsabilidade estender a mão ao povo do Rio de Janeiro. 
Devemos orar, pedir que Deus console aqueles que perderam seus queridos nessa triste tragédia.
Mas também não podemos esquecer de cobrar das nossas autoridades medidas preventivas, e não ações palhativas e eleitoreiras.

Como ajudar?
São Paulo - Capital:
O São Paulo fará nesta quinta-feira, no estádio do Morumbi, uma ação solidária para ajudar às vítimas das fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro nos últimos dias. Em frente ao portão 1, das 8h às 18h, a diretoria colocará alguns caminhões para arrecadar doações.

Serão aceitos alimentos não perecíveis, roupas, calçados e outras coisas que possam auxiliar na recuperação daqueles que perderam suas casas e estão desabrigados. A ação em prol dos fluminenses foi anunciada na noite da última quarta-feira.

Rio de Janeiro:
As igrejas Congregacionais estão se mobilizando para ajudar. As IECs de Caramujo e Baldeador estão recebendo desalojados.  
S.O.S. CONGREGACIONAL
Estamos arrecadando DOAÇÕES para os atingidos pela chuvas em nossa cidade e região metropolitana.
PRIORIDADES:
Colchonetes - Cobertores - Lençóis - Roupas - Água Mineral entre outras....
POSTOS DE COLETA:
IEC de Agronomia - Rua Isidro Borges, 121 - Centro - Seropédica - RJ.
IEC de Alcântara - Rua Manoel José Gonçalves, 54 - Alcântara - São Gonçalo - RJ.
IE Campograndense - Rua Campo Grande, 1460 - Campo Grande - Rio de Janeiro - RJ.
IEC de Coroa Grande - Rua Ver. Levindo Silva, 46 - Coroa Grande - Itaguaí - RJ
Mais informações: www.uiecb.com.br
 
A Igreja Cristã da Aliança
A Igreja Cristã da Aliança, está recebendo doações de ROUPAS E ALIMENTOS NAO PERECÍVEIS que serão distribuidos a população carente. Os que desejarem contribuir poderão levar suas doações para a Igreja Cristã da Aliança de Pendotiba. Vale a pena ressaltar que em virtude dos variados pontos de destruição no munícipio, divideremos nossa ajuda e atenção aos bairros do Fonseca, Rio do Ouro e Sapê. Nossos pastores e líderes estão envolvidos diretamente no auxilio direto da população Fluminense. Os que desejarem outras informações poderão entrar em conosco pelo telefone 2718-0086 ou ainda se preferirem falar com com os nossos coordenadores sociais.

Pr. Márcio de Souza 8139-4764
Evelyn Guedes- 8309-9395 -
Márcio Pincanço- 9899-3875 -
Pr. Renato Vargens - 9123-7399
Pr. Claudio Alvares - 7630-9568
Alexandre Demidoff - 8527-1876
Tatyane Vidal - 9532-6395
Augusto Elias - 8685-0124
Vagner Luiz - 8680-1516





"NISTO CONHECERÃO TODOS QUE SOIS OS MEUS DISCÍPULOS: SE VOS AMARDES UNS AOS OUTROS." (Jo 13,35)

2 comentários:

Juliana Pires de Sousa disse...

É difícil não se solidarizar, não se comover com tudo isso. Estou acompanhando pela talevisão e torço para que o número de mortos pare de crescer.

blogdaleilahh disse...

Postei também sobre esse assunto em meu blog.
Vê lá.
Abraço e Deus te abençoe!