segunda-feira, maio 17, 2010

Sobre a prisão do padre Silvio Andrei.

A Polícia Militar de Ibiporã, através do Sargento Charles e dos soldados Edgar e Roni, prenderam por volta da 01h da madrugada deste domingo (16/05), o nacionalmente conhecido Padre Silvio Andrei de 40 anos, nas proximidades do Jardim Bom Pastor em Ibiporã. Portal Tudo Ibiporã.

Delegado fala sobre prisão do Padre Silvio Andrei em Ibiporã:

Advogado do padre Silvio Andrei fala sobre o caso:

Vídeo do padre Silvio Andrei na delegacia de Ibiporã:


Veja o posicionamento da Canção Nova
Nota de esclarecimento da Fundação João Paulo II a respeito do padre Silvio Andrei


A Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, informa que aguarda, neste momento de dor e sofrimento, o esclarecimento dos fatos envolvendo o estimado padre Silvio Andrei.
Neste momento, externamos nossa crença na Justiça e na verdade e principalmente no testemunho fiel de 10 anos deste sacerdote à serviço da Igreja e dos mais necessitados.


Não quero ser mais uma a jogar pedra no padre Silvio Andrei, pois para fazer isso, e com maestria, tem a ala tradicional da Igreja Católica Apostólica Romana, como você poderá conferir ao clicar neste link.
Gostaria muito de saber, quais as providências tomadas em relação ao suposto jovem que segundo os jornais, estava sendo aliciado pelo padre Silvio Andrei. Se é uma pessoa menor de idade, onde estão os responsáveis por ela?
Não adianta sair atirando para todos os lados, é preciso cuidar melhor das crianças que estão esquecidas nas esquinas da vida.
Precisamos de atitudes, e não somente de manchetes de jornais.

4 comentários:

Anônimo disse...

Soube das notícias da prisão do Padre Silvio Andrei e gostaria de me compadecer a ele, e afirmar que não temos o direito e nem podemos de maneira alguma execrá-lo, ou deixar que o façam, e muito menos deixar de prestar solidariedade a ele, pois sabemos todos que através dele, muitas pessoas foram tomadas pelo amor de Deus, em seus momentos de aflição e descrença, através de suas pregações e de seu empenho em levar a palavra e a paz de Deus a quem necessita, dedicando assim sua vida a esta missão.
Quantas vezes podemos errar? Quem de nós tem o direito de execrar outro ser humano, por algum erro cometido, sem que lhe seja dado o direito ao perdão? Quem de nós nunca cometeu algum erro, ou mesmo o cometeu quando em sua fraqueza, se desfigurou pelo desdém do álcool ou de alguma outra coisa?
Muitas vezes, esquecemo-nos que o homem é falho, e mesmo sendo ele um sacerdote, está sujeito a cometer erros pelas suas próprias fraquezas, pois não são isentos das inquietações humanas, e assim sendo,terminamos esquecendo de todos os atos bons praticados por esta pessoa em sua vida, de toda sua história, e deixamos-nos levar por uma das mais mesquinhas infâmias humanas, o de julgar alguém em nome de Deus; pois é isso que fazemos quando não enxergamos o bem que está dentro das pessoas, e sim procuramos em alguma atitude isolada, seu lado obscuro, para que possamos julga-lo e condena-lo, numa atitude perversa.
Não sei ao certo a veracidade do que é veiculado pela mídia, mas sei que mesmo que o querido Padre Andrei tivesse naquele momento sob o domínio do álcool, e mesmo que tenha ele enrustido em si, parâmetros de homossexualidade, não seria motivo suficiente para condena-lo ou mesmo execra-lo, pois como disse, o homem é falho por natureza, e está sujeito a erros e desvios de conduta, por sua própria imperfeição, mas tem
o direito a ser tratado com dignidade e respeito como filho de Deus, e buscar em Deus o perdão de seus pecados.
Não afirmo que a atitude do Padre Andrei seja correta (caso exista veracidade no fato), ou que naquele momento estivesse agindo como deveria um sacerdote, bem como acho muito justo, que ele como cidadão seja julgado pela justiça dos homens pelos seus atos, mas digo que ele tem em Deus a chance de se reencontrar no perdão, e a nossa obrigação como Cristãos, é de lhe estender as mãos e ajuda-lo nesta hora em sua caminhada.
Concluo dizendo que algumas pessoas estão afirmando que querem acabar com a igreja Católica, utilizando-se de acusações e imputações de Pedofilia (Graças a Deus não é o caso do Padre Andrei) ou de qualquer outro fato que atinja a igreja Católica, como este fato relacionado ao Padre Andrei. Não acredito nesta situação, pois a igreja Católica jamais será destruída por qualquer motivo, pois ela está enraizada em Jesus, e não serão os erros isolados de alguns de seus membros ou seguidores que vão destruí-la, ou mesmo acho que é isto que alguns incautos em Deus querem fazer. Na verdade acho que a nossa maior preocupação deve ser sim, o da falta de Deus no coração dos homens, mas a falta verdadeira de Deus, de seu amor na imagem maiorde Jesus, do amor que perdoa, do amor que concilia, do amor que persevera e não nos deixa o ódio chegar ao coração.
Não creio numa guerra Santa contra aqueles que querem destruir a igreja Católica, ou mesmo vejo
necessidade de uma cruzada para combatê-los, mas vejo sim a necessidade de procurarmos melhorar cada vez
mais nossa relação com o próximo, nos aproximando daqueles que mais necessitam, nos espelhando no Cristo,
procurando amar sempre mais o próximo, e lutar para que todos os homens encontrem a paz e o bem estar da alma no amor em Cristo, sem esquecer também do compromisso que devemos ter na luta da maioria, que sofre
na tentativa de suprir suas necessidades matérias e para que eles possam ter o direito de viver uma vida digna e justa.

Por :Bayardo Brizolla

Marcia disse...

Que atire a primeira pedra aquele que nunca errou, que atire a primeira pedra aquele que nunca pecou... A igreja católica tem seus defeitos, os padres são homens pecadores, porém vamos acabar com essa enfase da midia, estamos falando de um ser humano, homem digno, com toda uma vida licita, que no primeiro erro é acusado como se fosse um dos piores bandidos da terra. A humanidade continua a mesma desde epoca de Cristo, julgando, acusando e crucificando... Deixe o homem Silvio Andrei prestar contas pelo erro dele de forma digna, não enfeitem e nem aumentem a situação, vcs estão destruindo a vida de um ser humano, 10 anos evanelizando, fazendo o bem, agora criticado, açoitado, condenado, julgado, pelos próprios fiéis. Por tudo isso que o mundo é o que é, que as igrejas estão como são, cadê o AMOR, O PERDÃO? Não atire a primeira pedra se vc tbm tem telhado de vidro.

Anônimo disse...

é sempre bom esperar que os fatos sejam averiguados, afinal está tudo muito estranho, tem ciosa que dá ibope e grana no bolso.

Anônimo disse...

Sem duvida uma falta de respeito de uma policia despreparada, enquando se prende alguem por estar medicado ou no minino dar um pouco de respeito como cidadão,não pelo fato de ser padre mas de ser um cidadão, nao é procedimento.
FAço uma pergunta a todos os que acompanhan, quantos de voces nao tem uma boca de fumo perto de suas casas??? e a policia ???

Não é verdade, falta de respeito sim, e sem duvidas acho que ficou barado.
Quanto a Rede de televizão local, uma tremenda falta de respeito, imagine a qualidades destas noticias poluindo as mentes nao apenas neste quisito mas olcultando policitagem e mostrando coisas inreais e julgando antes dos fatos apurados ..

Me indigno com o Reportes de Londrina, o qual todos conhecemos, um sugeito que ganha dinheiro com mentiras, e nem ao mesmo se preocupa em mostrar a verdade, tal é o fato que ate a presente nao tivemos a retrataçao sob. o fato.